Mãe sai do coma após sentir o filho no colo pela primeira vez

Mãe sai do coma após sentir o filho no colo pela primeira vez

Uma mãe saiu do coma induzido após sentir o toque da pele do recém-nascido pela primeira vez, 23 dias depois do parto. O caso emocionante envolvendo Amanda Cristina Alves da Silva, de 28 anos, veio à tona nesta quinta-feira (4).

Tudo ocorreu na Maternidade-Escola Assis Chateuabriand (Meac-UFC), que fica em Fortaleza. A mãe foi levada ao hospital após uma intensa de convulsão. Como ela estava com 37 semanas de gestação, os médicos optaram por fazer uma cesária de emergência e sedaram seu corpo.

O menino ficou internado durante seis dias na UTI neonatal, já a mãe foi para o pós-operatório na UTI obstétrica. "Uma semana após a internação, começamos a retirar o remédio que a mantinha dormindo, porém, ela não respondeu como esperávamos. Só conseguimos desligar a sedação nove dias após sua entrada no hospital. Apesar de todos os exames atestarem que ela tinha boa resposta neurológica, ela não se movimentava, só mexia os olhos", disse.

De acordo com a revista 'Crescer', os médicos já estavam ficando sem esperanças quando a enfermeira Fabíola sugeriu colocar mãe e filho juntos. O último recurso deu mais certo do que poderiam imaginar.

"Colocamos Vitor Hugo em seu tórax e como ela não conseguia mexer os braços, nós levamos os braços dela até o bebê, para que a abraçasse. Foi quando vimos sair gotas de leite dos seus seios. Isso após 23 dias do parto! Jamais esperávamos uma resposta tão rápida assim", relatou.

Fonte: Mundo ao Minuto
Publicada em 05 de outubro de 2018 às 09:55

 

Leia Também

Semusa realiza programação na unidade Hamilton Gondim

Serão realizadas consultas clínicas, exames de preventivo, glicemia, teste rápido e café da manhã

Governo de Rondônia realiza o 68º Encat, que reunirá órgãos fazendários de todo o país

A expectativa, segundo os organizadores rondonienses, é de que haja participação unânime de todas as representações estaduais neste 68º Encontro

Parceiros da Setur e Embratur debatem oportunidades e financiamento para o ecoturismo em Rondônia

Na fase inicial, o Investe Turismo aplicará R$ 200 milhões nos estados constantes em rotas estratégicas.

Preço de gás de cozinha já está mais caro nas distribuidoras

O anúncio foi feito pelo Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) e confirmado pela Petrobras.

Envie seu Comentário