Jovem é morto a tiros por suposto entregador de comida por aplicativo em Porto Velho

Jovem é morto a tiros por suposto entregador de comida por aplicativo em Porto Velho

Um jovem de 24 anos, identificado como Wellington Leone dos Santos, foi morto a tiros por um suposto entregador de comida por aplicativo em Porto Velho. O crime aconteceu durante a noite de segunda-feira (18) na Avenida Mamoré, Zona Leste.

Aos policiais civis, o tio e o primo da vítima contaram que Wellington estava na frente de casa, quando o suspeito se aproximou em uma moto e efetuou os disparos.

"Escutei os tiros e, quando fui ver o que era, encontrei o Leone entrando pela minha cozinha falando que tinha sido baleado. Fui na frente da minha casa e não vi ninguém. Quando voltei ele já estava quase sem respirar", disse o primo da vítima.

Outra testemunha informou aos policiais que estava na frente de uma frutaria quando o atirador em uma motocicleta de cor preta e com uma bolsa de entregador de comida por aplicativo, parou na frente da casa do Wellington e efetuou três disparos contra a vítima.

Após o ataque, a testemunha diz que o condutor da motocicleta fugiu sentido Avenida Calama. O suspeito não foi identificado. A equipe do Sevic, da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida, esteve no local e investiga o homicídio.

Segundo boletim de ocorrência, o primo da vítima e amigos levaram Wellington à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas no local receberam a informação que o jovem estava morto.

O relatório preliminar da Polícia Civil aponta que Wellington foi atingido com disparos no tórax, no braço direito e um terceiro tiro no braço esquerdo.

Fonte: G1 RO
Publicada em 19 de novembro de 2019 às 10:32

 

Leia Também

Funcionários da Energisa recebem voz de prisão ao trocar relógio-medidor de residência

A polícia militar conduziu todos os envolvidos para a central de polícia.

Polícia Militar do Estado de Rondônia monta estratégia para intensificar segurança neste fim de ano

A Operação Fim de Ano Seguro será lançada no dia 16 de dezembro, às 8 horas, em frente ao Comando-Geral da PM, com foco em proporcionar e ampliar sensação de segurança pública, através das medidas planejadas.

PRF encontra mais de 70 kg de cocaína em carreta com fundo falso

Mesmo questionado pelos policiais, o homem não informou qual seria o destino da carga nem quanto receberia para realizar o transporte

PF desarticula esquema de pagamento de propina a servidores do INCRA, cumpre 5 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão

Durante as investigações foi identificado mais de meio milhão em propina para pelo menos seis servidores do INCRA

Envie seu Comentário