Ji-Paraná atinge mais de 21 mil atendimentos pela rede do CRAS

Ji-Paraná atinge mais de 21 mil atendimentos pela rede do CRAS

Os números são referentes ao período de janeiro a setembro de 2018, aferidos através dos trabalhos realizados pelos três Centros de Referência em Assistência Social existentes no município, CRAS Jardim dos Migrantes, CRAS Roda Moinho e CRAS São Francisco.

Os centros de referencia desenvolvem ações, projetos, programas voltados ao fortalecimento do vínculo da convivência familiar e comunitária. Nos centros são realizados oficinas artesanais: bordado, pintura  em tecido, crochê, pintura em tela, atividades esportivas e orientações individuais com equipes multiprofissional.

O CRAS, segundo explicou Lidiane Tanazildo que é coordenadora dos serviços socioassistenciais do município de Ji-Paraná, funciona como  uma unidade de proteção básica que visa prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade com ações que garantam o desenvolvimento e a ampliação do acesso aos direitos de cidadania a população é a porta de entrada da Assistência Social do Município.

O CRAS tem como público prioritário em suas ações todas as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade e risco social, em especial, os beneficiários do programa Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC), Carteirinha do Idoso, Tarifa Social, ID Jovem, entre outros atendimentos da Assistência Social.

Fonte: Assessoria
Publicada em 05 de outubro de 2018 às 08:34

 

Leia Também

Everton Leoni, José Augusto e SIC TV apoiam a CPI da ENERGISA

Everton Leoni por diversas vezes com tom enfático cobrou das autoridades o preço abusivo das tarifas de energia

Ponte do Abunã sofre alteração no projeto e fica para 2020

Além de não ser entregue em 2019, ponte do Rio Madeira, em Abuna, terá mais 800 metros de concreto armado, para evitar alagamento da BR

Sexta-feira de temperaturas amenas em todo o Estado de Rondônia

Possibilidades de pancadas de chuvas em todas as regiões do Estado

Estrada do Belmonte começa a desmoronar comprometendo parte da pista

De extrema importância comercial e tributária para Rondônia e sua capital, a Estrada do Belmont vem assustando quem passa pelo local em..

Envie seu Comentário