Homem é preso comercializando cocaína na na capital

Homem é preso comercializando cocaína na na capital

Jean Carlos Rodrigues, 34 anos, foi preso nesta madrugada de Domingo (14), pelo crime de tráfico de drogas ao ser flagrado portando em um frasco plástico 33 porções de cocaína e uma quantia em dinheiro oriundo da venda de drogas na frente de uma residência localizada n Rua Alfreldo Haeffer, bairro Airton Sena, zona leste de Porto Velho.

De acordo com informações dos militares, eles estavam fazendo patrulhamento de rotina quando passaram pelo endereço citado e avistaram o suspeito jogando algo e saindo correndo, porém foi abordado e durante revista pessoal foi encontrado com ele uma quantia de R$: 86.00, em espécie e logo foi encontrado o frasco de plástico que ele jogou contendo 33 porções de cocaína tipo pedra oxi.

Questionado se estava vendendo droga, o mesmo disse que não mexia com parada errada e que era trabalhador e que a droga era de seu irmão que saiu correndo, pelo fato dele está com o dinheiro tudo trocado, característica de quem estava vendendo entorpecentes e recebeu voz de prisão e foi conduzido para a central de flagrantes por tráfico de drogas e terá que se explicar para o delegado de plantão.

Fonte: Via Rondônia
Publicada em 15 de outubro de 2018 às 09:03

 

Leia Também

Menina de 11 anos é mantida em cárcere privado e obrigada a se prostituir e vender drogas

A vítima relatou que a suspeita a obrigou a entrar em um veículo e a levou para Confresa, onde, mediante a ameaças, a mantinha em cárcere privado.

Homem é morto em via pública na zona Sul da Capital

Uma equipe do Samu ainda foi acionada, mas quando chegou ao local o homem já estava morto.

PF deflagra Operação Polígrafo para desarticular esquemas de fraudes na aquisição de testes rápidos da Covid-19 na Sesau

O valor total da contratação investigada chega a R$ 10.500.000,00 (dez milhões e quinhentos mil reais). 

PF cumpre mandados de busca apreensão em Porto Velho, São Miguel do Guaporé e Guajará-Mirim no combate ao Covid-19

A ação decorre de mais um trabalho conjunto entre a Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e Ministério Público Federal, que resultou no cumprimento de 10 (dez) mandados de busca e apreensão

Envie seu Comentário