Homem é preso após manter mulher em cárcere privado e cortar cabelo dela com faca em Porto Velho

Homem é preso após manter mulher em cárcere privado e cortar cabelo dela com faca em Porto Velho

Um jovem de 24 anos foi preso na noite de segunda-feira (7) depois de ser flagrado pela Polícia Militar (PM) mantendo a mulher em cárcere privado em uma casa em Porto Velho. Os militares também encontraram parte do cabelo dela cortado à faca dentro do imóvel, que fica no bairro Ulisses Guimarães, Zona Leste da capital.

Conforme o boletim de ocorrência registrado, uma denúncia levou os policiais até a casa onde a vítima, de 26 anos, era mantida presa.

Ao chegar na residência, os PMs encontraram o agressor deitado ao lado da vítima, que chorava muito. Eles também acharam parte do cabelo da mulher no chão.

Ainda segundo o registro policial, o homem chegou a dizer que cortou o cabelo da mulher por ser cabeleireiro. Conforme a PM, ele ainda reagiu à prisão e precisou ser imobilizado e algemado.

Na delegacia, a vítima revelou que o esposo a mantinha em cárcere privado e usou uma faca e uma máquina para cortar o cabelo dela e que fez isso alegando que era para ela aprender a "não traí-lo mais".

O homem foi preso em flagrante por lesão corporal e encaminhado à Central de Polícia.

Fonte: G1 RO
Publicada em 08 de outubro de 2019 às 09:45

 

Leia Também

Bebê arrancado da barriga da mãe com uma faca seria entregue para mulher que fingia estar gravida de garimpeiro

Gestante foi assassinada pela própria irmã, em Porto Velho. Um adolescente de 15 anos confessou que também participou do crime porque desejava entregar bebê à mãe, que simulava uma gestação.

Vídeo: Adolescente teria matado a irmã e o sobrinho em área de loteamento de Porto Velho; bebê foi retirado a faca

O bebê foi encontrado na casa do delator, que teria entregue a criança para sua mãe.

Apenado do sistema prisional sai para encontro amoroso e é preso pela PRF em Porto Velho

O indivíduo, que cumpre pena por roubos no regime semiaberto, não poderia sair da sua residência, mas foi abordado quando seguia para um encontro amoroso, que havia combinado por meio de aplicativo de relacionamento

Professor de Natação é agredido por Juiz de Direito ao ser acusado de molestar seu filho

Na polícia, o pai contou que estava trabalhando quando sua mulher ligou nervosa e chorando muito, informando que o filho havia sido molestado sexualmente pelo professor de natação.

Envie seu Comentário