Governador defende união de prefeitos, bancadas e Estado para resolver demandas de Rondônia

Governador defende união de prefeitos, bancadas e Estado para resolver demandas de Rondônia

Marcos Rocha esclareceu que a situação das rodovias estaduais e federais estão em péssimo estado. “Estive recentemente em algumas rodovias que estão em péssima conservação, como é o caso da RO-472 em Ji-Paraná e a RO-460 que liga Buritis à BR-421. Nesta quase me acidentei por duas vezes já neste meu mandato”, informou. Foram enunciados tópicos do interesse do Estado a intenção de apoiar a logística do comércio estadual e a locomoção dos cidadãos.

O trabalho do Departamento de Estradas, Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) foi citado em referência a reparos que tem sido executados na gestão do diretor-geral do órgão Erasmo Meireles de Sá. “O Meireles é coronel de engenharia do exército e fez um mapa de como melhorar nossa malha em quatro anos. Tem um plano de como será feito para escoar a produção e o deslocamento dos cidadãos pelo Estado. Mesmo neste período de chuva, durante pequenas tréguas ele está conseguindo fazer recapeamento”, pontuou.

Durante o encontro, o governador foi arguido sobre as ações municipalistas do executivo rondoniense, haja vista, que em nível federal, o presidente Jair Bolsonaro discursa favorável a esta maior importância das cidades. O governador esclareceu que esta também é sua visão, mas não pode simplesmente transferir os recursos imediatamente para as prefeituras. O plano é recuperar as principais rodovias e em seguida continuar o apoio aos municípios. Ele ressaltou que a partir de maio iniciam-se as obras de recuperação asfáltica para que até o fim do ano, o trabalho esteja bem adiantado. Desta forma apoio como no transporte escolar possa ser possível já no próximo ano.

SETOR PRODUTIVO

Durante seu discurso, o governador afirmou que o Estado de Rondônia tem grande potencial no setor de produção agropecuário. Sobre isto há, segundo ele, ainda mais responsabilidade em uma boa malha viária para que o comércio seja ainda mais intenso, de modo a desenvolver a economia das cidades e levar mais ICMS aos cofres. Marcos Rocha prometeu que durante a 8ª Rondônia Rural Show serão apresentadas novidades para o setor produtivo em termos de investimentos, entrega de títulos de fundiários, entre outros.

JOÃO PAULO II

O setor da saúde, especialmente o Hospital João Paulo II, foi definido pelo governador como um local que tem salvo vidas por conta da competência dos profissionais que ali trabalham. “Qualquer um de nós que sofrer um acidente mais sério vai para o João Paulo II, e ali eles já salvaram muitas vidas. Então, todos nos temos a obrigação de lutarmos para que o novo João Paulo aconteça”, clamou. Implementar pequenos centros que atendam regionalmente é, segundo Rocha, o ideal para o estado. Ele citou a unidade de Cacoal e os que estão sendo concluídos como o de Guajará-Mirim.

O pacote de normas e decretos do governo, que serão encaminhados à Assembleia Legislativa de Rondônia foi um dos destaques do governador. Ele solicitou apoio do presidente do parlamento estadual, deputado Laerte Gomes, no intuito de que este esforço do executivo seja também seguido pela casa das leis do estado. Durante o evento que comemora os primeiros 100 dias do governo, as medidas serão anunciadas. Marcos Rocha anunciou também que no dia 16 de abril, o ministro da Justiça, Sergio Moro palestrará em Porto Velho sobre segurança pública e combate à corrupção.

Também compuseram a mesa do evento os deputados federais Coronel Chrisóstomo (PSL), Mauro Nazif (PSB), Leo Moraes (Podemos), Expedito Netto (PSD), Silvia Cristina (PDT), Lucio Mosquini (MDB), os senadores Confúcio Moura (MDB), Marcos Rogério (DEM) e o superintendente do Sebrae no Estado de Rondônia , Daniel Pereira.

Fonte: Secom - Governo RO
Publicada em 11 de abril de 2019 às 15:17

 

Leia Também

Conferência da Juventude discutirá políticas públicas para Ji-Paraná

O objetivo, segundo o membro da comissão organizadora, Patrick Magalhães da Silva, é debater políticas públicas para a juventude e elaborar propostas para os próximos dois anos.

PDT se reúne para definir punição a deputada de RO e outros sete que votaram a favor da reforma

Ex-ministro Ciro Gomes defende que todos deixem espontaneamente o partido

Deputado Jhony Paixão garante segunda unidade do Colégio Tiradentes em Jí-Paraná

Inicialmente a escola atenderá 1.400 alunos e seguirá todos os parâmetros metodológicos e educacionais das unidades já existentes.

TCU rejeita pedido de Cassol, mantém multa e proibição de exercer cargo por cinco anos

Cassol atualmente cumpre pena pelo crime cometido entre os anos de 1998 e 2000 quando era prefeito

Envie seu Comentário