Estrada do Belmonte começa a desmoronar comprometendo parte da pista

Estrada do Belmonte começa a desmoronar comprometendo parte da pista

De extrema importância comercial e tributária para Rondônia e sua capital, a Estrada do Belmont vem assustando quem passa pelo local em decorrência do avanço do desbarrancamento de sua margem, que a cada dia vem ficando mais próxima da faixa da pista. Com a chegada do período chuvoso, a preocupação é de que a pista seja totalmente comprometida. Sem uma rota alternativa, a interrupção do tráfego compromete a economia de Rondônia, pois mais de 30% da arrecadação do estado passa pela Estrada do Belmonte.

  

O local é bastante utilizado para o tráfego de caminhões que buscam o acesso à hidrovia do Madeira, porém, por sua precariedade vem sendo trocado por acessos mais distantes como a região portuária da cidade de Humaitá, no Amazonas, localizada a 200 quilômetros de Porto Velho ligada pela BR-319.

Motoristas que trafegam pela estrada se mostram apreensivos ao passarem por determinador trechos, pois já sentem a vibração. Em determinado ponto, quando duas carretas se encontram, a parte em que o desmoronamento está mais avançado já fica a menos de um metro dos pneus.

A partir do mês de novembro a expectativa é de que o Rio Madeira comece a encher mais rapidamente e isso fará com que a força da água lave a base da estrada. Já comprometida, o risco de desabamento é iminente.

Os moradores do bairro Nacional estão há décadas buscando a devida pavimentação e realização dos serviços de infraestrutura na área, porém sem sucesso. Hoje, a realidade é que se nenhuma ação foi feita, parte da estrada poderá ser engolida pelo desbarrancamento. Até hoje ninguém entende porque a prefeitura e o governo do estado não investem na pavimentação da Estrada do Belmonte, uma vez que o volume de recursos gerados pelas empresas instaladas no local é infinitamente maior do que qualquer outra via pública em todo o estado de Rondônia.

 

Fonte: Diário da Amazônia
Publicada em 17 de outubro de 2019 às 15:05

 

Leia Também

Idaron destrói mais de 400 sacas de sementes ilegais apreendidas na divisa de Rondônia com Mato Grosso

Sementes não possuíam garantia de procedência ou de qualidade e estavam sem identificação da sementeira na embalagem

1ª noite da Conferência Como no Céu reúne vários jovens em Porto Velho

A primeira sessão foi ministrada por Gustavo Paiva, fundador do Ministério Nova Geração

Após guarita e portão, Parque José Adelino ganha letreiro

Letreiro foi doado por filho do médico homenageado

Prefeitura decreta recesso no Natal e no Ano Novo

Atividades serão suspensas durante as festividades do Natal e do Ano Novo, de 23 à 27, e de 30 à 3 de janeiro, exceto serviços essenciais

Envie seu Comentário