Enfrentamento à Desinformação: Abratel se reúne com TSE

Enfrentamento à Desinformação: Abratel se reúne com TSE

Representantes da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) receberam o grupo gestor do Programa de Enfrentamento à Desinformação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para traçar estratégias de enfrentamento a informações falsas voltadas às atividades da Justiça Eleitoral e às Eleições Municipais de 2020.

O diretor-geral da Abratel, Álvaro Vasconcelos, e o coordenador de relações governamentais e de comunicação da Associação, João Camilo, reuniram-se com o juiz auxiliar do TSE e coordenador do grupo gestor do programa, Ricardo Fioreze, e a assessora-chefe de Comunicação do TSE, Ana Cristina Rosa. Na ocasião, a Abratel reiterou a intenção de colaborar efetivamente com o Tribunal em ações compartilhadas de interesse da sociedade.

Para Vasconcelos, a Abratel representa um setor que tem muito a contribuir para esse enfrentamento. “Desinformação se combate com informação de qualidade e o jornalismo profissional é o grande remédio contra as chamadas fake news. Essa é uma das demandas prioritárias da Abratel”, afirmou.

A Associação é uma das instituições parceiras que estão atuando em parceria com o TSE com a finalidade de reduzir os efeitos negativos que a desinformação pode causar em temas que dizem respeito à Justiça Eleitoral, como o sistema eletrônico de votação.

O Programa de Enfrentamento à Desinformação prevê uma série de iniciativas para capacitar as pessoas a identificar e checar uma desinformação, estimular a compreensão sobre o processo eleitoral, incluindo o funcionamento da urna eletrônica, desestimular ações de proliferação de informações falsas e aperfeiçoar métodos de identificação de possíveis práticas de disseminação de conteúdos falaciosos.

Fonte: Assessoria
Publicada em 09 de outubro de 2019 às 10:44

 

Leia Também

Governo autoriza contratação de 5.158 profissionais de saúde para combater o coronavírus

Ministério da Saúde definirá como será distribuição das contratações nas cidades. Contratos terão validade de até seis meses e maior parte é para técnico de enfermagem.

Governo de Rondônia exclui categorias da Saúde de aumentos salariais.

Profissionais de Saúde completaram uma década sem aumentos. O Coren-RO apoia a luta dos profissionais de Enfermagem por melhores salários.

Internacional Avião com mais de 100 pessoas a bordo cai no Sul do Paquistão

Aeronave caiu em um bairro residencial da cidade de Carachi

Atendimento remoto do INSS é prorrogado até o dia 19 de junho

A decisão foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Envie seu Comentário