Dia “D” de vacinação inicia neste sábado, 17; campanha deve imunizar 105 mil crianças em Rondônia

Dia “D” de vacinação inicia neste sábado, 17; campanha deve imunizar 105 mil crianças em Rondônia

O Governo de Rondônia inicia neste sábado (17), o Dia “D” da Campanha Nacional de Multivacinação, com a imunização de cerca de 105 mil crianças e adolescentes de zero a 14 anos contra a poliomielite e todas as demais doenças a que este grupo de pessoas é suscetível.

A Coordenação Estadual de Imunizações da Agência de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa), faz um apelo aos pais e responsáveis para que levem seus filhos às unidades de saúde munidos da caderneta de vacinação e do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), de modo a facilitar o atendimento e a competente atualização vacinal.

A enfermeira Eliza Ferraz explicou que a iniciativa faz parte da campanha que pretende atualizar a caderneta de menores de 14 anos, e também conscientizar a população, adultos e crianças, sobre a importância da imunização contra sarampo, febre amarela, rubéola, caxumba, hepatites A e B e poliomielite, entre outras.

Importa destacar que, apesar do Dia “D”, a Campanha Nacional de Multivacinação, coordenada pelo Ministério da Saúde (MS), se estende por todo mês de outubro, até o dia 30, e, no caso de Rondônia, com a mobilização de todos os órgãos de saúde estaduais e municipais para o atendimento da ação e conscientização da população. Segundo a técnica da Agevisa, o objetivo do Governo de Rondônia é imunizar toda a população desta faixa etária, e por esse motivo pede-se que pais e responsáveis pelas crianças confiram antecipadamente os endereços das unidades de saúde e levem o cartão de vacinação de seus filhos, eis que será realizada uma completa atualização da caderneta vacinal.

Neste ponto, Eliza Ferraz recomendou e reforçou suas orientações, esclarecendo que só o ato de vacinar é que garante a imunização, e o controle pelo Estado, de cerca de 20 doenças que podem matar, entre elas a diarreia (rotavírus), sarampo, caxumba e rubéola (tríplice viral), paralisia infantil (poliomelite oral e intramuscular), tuberculose (BCG), difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, haemophilus influenza tipo B-Hib (pentavalente), meningites e outras como HPV, que previne o câncer de colo de útero e verrugas genitais, e ainda contra febre amarela, varicela e hepatite A.

De acordo com informes do MS, durante esta campanha serão disponibilizados todos os tipos de imunização do calendário nacional de vacinação, sendo possível receber mais de uma dose no dia. Ao todo, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) oferece cerca 18 vacinas que imunizam mais de 20 doenças que acometem as crianças e os adolescentes.

Fonte: SECOM
Publicada em 17 de outubro de 2020 às 08:15

 

Leia Também

Unicef lança recomendações contra covid-19 aos candidatos a prefeito

Entre as recomendações da publicação, crianças e adolescentes devem ser prioridade nas eleições municipais.

Anvisa: testes com vacina de Oxford prosseguem mesmo após morte de voluntário

Não há confirmação se o voluntário que faleceu recebeu placebo ou uma dose do imunizante.

TCU aponta falhas do Ministério da Saúde no combate à pandemia de covid-19

Auditores apontaram que o ministério não prestou informações suficientes para que se possa concluir se a estratégia de testagem dos casos suspeitos de covid-19 é satisfatória.

Estado do Rio registra 109 mortes e 1.319 novos casos de covid-19 em 24 horas

Até agora, 19.945 pessoas morreram em função do coronavírus no Estado do Rio

Envie seu Comentário