Deputado Geraldo da Rondônia acompanha dia de abate inspecionado no frigorifico Dallas

Deputado Geraldo da Rondônia acompanha dia de abate inspecionado no frigorifico Dallas

O deputado estadual, Geraldo da Rondônia (PSC), acompanhou na manhã desta quinta-feira (11), o abate teste supervisionado que aconteceu no frigorifico Dallas, em Ariquemes.

Com produção paralisada desde o mês de janeiro, o frigorífico que tem a supervisão técnica da médica veterinária, Daniela Amorim, buscou aplicar investimentos na estrutura e no processo de abate animal para atender as determinações estabelecidas pela Idaron.

Com prejuízos devido ao longo tempo de paralisação e com risco de demissão do quadro de funcionários, o deputado Geraldo da Rondônia colocou os serviços de seu gabinete a disposição da empresa, com ações que auxiliaram a sanar os impasses com os órgãos fiscalizador do governo, e assim essa retomada de atividades.

“Meu agradecimento a equipe da Idaron e da Seagri, através de seus titulares e técnicos, que se dispuseram a acompanhar de forma mais ágil a demanda do frigorifico. Resultando nessa vistoria que está acontecendo no dia de hoje. Desejo a empresa Dallas que retome as atividades com força total, gerando cada vez mais emprego e renda ao nosso município e região”, ressaltou o parlamentar.

Fonte: Decom/ALE
Publicada em 12 de abril de 2019 às 09:15

 

Leia Também

Conferência da Juventude discutirá políticas públicas para Ji-Paraná

O objetivo, segundo o membro da comissão organizadora, Patrick Magalhães da Silva, é debater políticas públicas para a juventude e elaborar propostas para os próximos dois anos.

PDT se reúne para definir punição a deputada de RO e outros sete que votaram a favor da reforma

Ex-ministro Ciro Gomes defende que todos deixem espontaneamente o partido

Deputado Jhony Paixão garante segunda unidade do Colégio Tiradentes em Jí-Paraná

Inicialmente a escola atenderá 1.400 alunos e seguirá todos os parâmetros metodológicos e educacionais das unidades já existentes.

TCU rejeita pedido de Cassol, mantém multa e proibição de exercer cargo por cinco anos

Cassol atualmente cumpre pena pelo crime cometido entre os anos de 1998 e 2000 quando era prefeito

Envie seu Comentário