Deputado Dr. Neidson preside reunião de negociação entre servidores da Saúde e Governo

Deputado Dr. Neidson preside reunião de negociação entre servidores da Saúde e Governo

O deputado Dr. Neidson (PMN) comandou a negociação realizada na tarde de sexta-feira (10), entre Governo e servidores da Saúde. A categoria pede a correção das perdas salariais da ordem de 32% e a implantação efetiva do Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCR), além da revisão de auxílios como a insalubridade, alimentação e saúde. 

A discussão aconteceu no auditório da Assembleia Legislativa e contou com participação dos deputados Jair Montes (Avante), Eyder Brasil (PSL) e Chiquinho da Emater e do deputado federal, Mauro Nazif (PSB). 

Antes da reunião, Dr. Neidson esteve na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) com o gestor da pasta, Fernando Máximo, com o secretário de Finanças, Luiz Fernando e com o chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves. 

“Eu estive no CPA para confirmar a presença dos representantes do Governo na reunião com a categoria e para me antecipar quanto à proposta do Estado aos trabalhadores da Saúde”, informou o deputado.

 

Plano de Cargos, Carreira e Remuneração 

De acordo com o parlamentar, além de melhores condições de trabalhos e valores salariais, os servidores pedem a implantação do PCCR. 

“E como proposta, o Governo se comprometeu a contratar uma empresa para realizar o estudo e confecção do PCCR, sendo que esta empresa pediu um prazo de seis meses. Os trabalhos começariam à partir da abertura do orçamento desse ano, lá pelo dia 20 de janeiro, e só então, depois de seis meses, essa empresa entregaria o PCCR”, explicou Neidson. 

Os trabalhos de readequação do PCCR, segundo o deputado, serão acompanhados por sindicatos da classe, servidores da Saúde e pela Assembleia Legislativa. Como membro da Comissão de Saúde, Dr. Neidson garantiu que, assim que o plano chegasse à Casa de Leis, providenciaria, o mais rápido possível, a votação para a aprovação do PCCR da categoria. 

"Chegando o Projeto de Lei do PCCR aqui na Casa, se for de acordo com os servidores, votamos com celeridade, sem nenhum problema. Os deputados estão colaborando com um entendimento e vamos trabalhar nesse sentido", disse Dr. Neidson.

 

Auxílio alimentação 

Após ampla discussão, os secretários da Sefin e da Sesau, anunciaram que iriam ceder às reivindicações da classe e concederam aumento de R$ 158,00 no auxílio alimentação, que passa dos atuais R$ 100,00 para R$ 258,00 para toda a categoria, a partir de fevereiro. 

“Já é uma conquista, um resultado positivo para os trabalhadores da Saúde, porém, ainda não é uma vitória. Queremos que todos os servidores possam ser contemplados com as melhorias, inclusive, os técnicos em Radiologia. Lutar pelos servidores da categoria e seus direitos é uma bandeira que já venho defendendo desde nosso primeiro mandato e após essa reunião, estou otimista quanto à implantação efetiva do PCCR. Vamos aguardar que o Governo cumpra a parte deles. Estarei acompanhando”, concluiu Dr. Neidson.

Fonte: ALE/RO
Publicada em 13 de janeiro de 2020 às 15:33

 

Leia Também

Deputado Lebrão acompanhando a reforma e ampliação da Ciretran em São Miguel do Guaporé

Estão sendo investidos R$ 600 mil nas obras, atendendo a uma indicação do parlamentar

Laerte Gomes anuncia a liberação de R$ 1,360 milhão para apoiar Presidente Médici

Presidente da Assembleia Legislativa garantiu os investimentos, beneficiando diversos setores do município

Nota de Pesar - Câmara de Porto Velho lamenta morte do superintendente do Banco da Amazônia em Rondônia

O presidente da Casa de Leis municipal, Edwilson Negreiros, do PSB, prestou condolências à família de Wilson Evaristo

Criação da unidade Covid-19 e treinamento de profissionais de saúde são as primeiras medidas do governo em Guajará-Mirim

De acordo com o enfermeiro e técnico da Sesau, Jarbas Bandeiras, os agentes voltam devidamente paramentados com Equipamentos de Proteção Individual (EPI) encaminhados pela Sesau a todos os municípios.

Envie seu Comentário