Agente penitenciário mata ex-namorada e depois comete suicídio em Porto Velho

Agente penitenciário mata ex-namorada e depois comete suicídio em Porto Velho

Um agente penitenciário identificado como Anderson Borges Neves, 34 anos, e uma mulher que seria sua ex- namorada, identificada como Geise Nonato Trindade, 28 anos, foram encontrados mortos na tarde deste domingo (13), dentro de um apartamento localizado na Avenida Rio de Janeiro com a Rua Florestan Fernandes, bairro Tancredo Neves, região leste de Porto Velho.

De acordo com informações de testemunhas, o casal brigava muito e ele chegou na vila e começou uma nova discussão. Depois de certo tempo, os vizinhos ouviram tiros e acionaram a Polícia Militar.

Com a chegada da guarnição foi possível observar o agente caído, ensanguento e com uma arma na mão, e a namorada ao lado, também ensanguentada. O Samu constatou a morte do casal.

Anderson era agente penitenciário e Geise, vendedora de uma concessionário de veículos. Ambos tinham um relacionamento conturbado e sempre brigavam. Na tarde deste domingo, ele foi até o apartamento e tentou reatar a relação, porém, começaram uma nova discussão e ele teria atirado nela, matando-se em seguida.

Os corpos foram removidos para o IML. O registro foi feito pela Polícia Militar.

Veja matéria completa:

Fonte: Diário da Amazônia
Publicada em 14 de outubro de 2019 às 13:56

 

Leia Também

PF e MP deflagram operação Reciclagem em 04 prefeituras de Rondônia

Durante o período das investigações provas foram angariadas e filmagens de recebimentos por parte de prefeitos e deputado foram registrados

Menina de 11 anos é mantida em cárcere privado e obrigada a se prostituir e vender drogas

A vítima relatou que a suspeita a obrigou a entrar em um veículo e a levou para Confresa, onde, mediante a ameaças, a mantinha em cárcere privado.

Homem é morto em via pública na zona Sul da Capital

Uma equipe do Samu ainda foi acionada, mas quando chegou ao local o homem já estava morto.

PF deflagra Operação Polígrafo para desarticular esquemas de fraudes na aquisição de testes rápidos da Covid-19 na Sesau

O valor total da contratação investigada chega a R$ 10.500.000,00 (dez milhões e quinhentos mil reais). 

Envie seu Comentário