Anvisa: testes com vacina de Oxford prosseguem mesmo após morte de voluntário

Anvisa: testes com vacina de Oxford prosseguem mesmo após morte de voluntário

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra, prestou solidariedade à família do voluntário brasileiro dos testes da vacina de Oxford que morreu. Ele não deu nenhum detalhe sobre a vítima, devido à confidencialidade do programa e disse que os testes seguem.

Mais cedo, a Anvisa divulgou nota sobre o ocorrido. "Foram compartilhados com a Agência os dados referentes à investigação realizada pelo Comitê Internacional de Avaliação de Segurança. É importante ressaltar que, com base nos compromissos de confidencialidade ética previstos no protocolo, as agências reguladoras envolvidas recebem dados parciais referentes à investigação realizada por esse comitê, que sugeriu pelo prosseguimento do estudo", disse a Anvisa, em nota.

Um voluntário brasileiro que participava dos testes clínicos da vacina desenvolvida pela Universidade Oxford e pelo laboratório AstraZeneca morreu devido a complicações de covid-19, na última quinta-feira. Não há confirmação se ele recebeu placebo ou uma dose do imunizante.

Fonte: Notícias Ao Minuto
Publicada em 22 de outubro de 2020 às 03:10

 

Leia Também

Após pedido de providências da OAB, Justiça inspeciona Upes em que advogadas estão recolhidas e constata que os homens predominam a ocupação da unidade

A OAB reforça que em momento algum alegou que as profissionais estavam recebendo tratamento desumano

Abertas as inscrições para a maior conferência da advocacia rondoniense

A XIV Conferência da Advocacia de Rondônia trará mais de 30 painéis em três dias de encontro virtual

Obra de asfaltamento da BR-421, em Campo Novo de Rondônia, está em fase de conclusão

O investimento dos cofres públicos, que ultrapassa R$ 30 milhões, garantirá o fomento do setor produtivo na região e o desenvolvimento de Rondônia

Perícia do Instituto de Pesos e Medidas constata irregularidades em produtos de prateleiras de supermercados em Rondônia

Lenço umedecido foi reprovado pelo tamanho das letras utilizadas na embalagem

Envie seu Comentário