ELEIÇÕES: Pimentel diz que prefeito não pode se omitir quanto a saúde da capital

ELEIÇÕES: Pimentel diz que prefeito não pode se omitir quanto a saúde da capital

“Fica difícil estabelecer adequadamente o que falta - se informação ou sensibilidade - ao gestor público que não prioriza a saúde, em um país no qual 90% da população recorrem comprovadamente aos serviços públicos. E a situação tende ao agravamento, pois que a pandemia estabeleceu uma demanda reprimida que aponta para a elevação das mensalidades dos planos de saúde ao mesmo tempo em que compromete a capacidade de pagamento dos usuários. Por isso é fundamental trabalhar no enfrentamento da realidade sanitária sem descuidar de planejar o que será preciso enfrentar em seguida”.

O raciocínio é do candidato a prefeito Williames Pimentel, do MDB, cuja competência administrativa é nacionalmente reconhecida. Por seu amplo conhecimento no setor, ele prioriza a saúde em seu programa de governo, além da recuperação da economia e setor social, sem esquecer de priorizar a oferta de internet de qualidade a toda área do município, em especial as mais isoladas. “A Prefeitura não pode se omitir, simplesmente deixando a responsabilidade para o estado e a união” – observa ele, para acrescentar que a mobilização exigida durante a pandemia deverá obrigatoriamente ser mantida com o chamado “novo normal”. 

Não se pode esquecer, segundo Pimentel, que a saúde pública envolve uma diversidade de setores, inclusive economia, emprego e renda, passando pela educação, moradia, abastecimento, saneamento, infraestrutura, sistema viário, segurança, enfim, tudo aquilo que resulta na melhoria da qualidade de vida para o cidadão. Cada um desses setores é da responsabilidade de uma secretaria ou departamento na Prefeitura. Daí a necessidade de uma ação coordenada, com metas e objetivos comuns.

Todo esse esforço vai exigir plena mobilização do setor público. O novo prefeito terá obrigatoriamente que usar forte poder de articulação, não apenas com os demais níveis de governo, mas com entidades, instituições e população em geral. Isso, é claro, apenas se consolida a partir de forte credibilidade e comprovada capacitação técnica. Não basta que o prefeito leve seu secretário de saúde no trabalho de articulação. Ele só consegue atingir o convencimento necessário se comprovadamente souber do que estará falando. Para as autoridades governamentais ou para a população. Pimentel sabe. E o cidadão de Porto Velho sabe que ele sabe!

Fonte: ASSESSORIA
Publicada em 28 de setembro de 2020 às 12:42

 

Leia Também

Candidato do partido da primeira-dama do Estado tem credenciamento cassado no Detran

Candidato a vice de Breno Mendes, em Porto Velho, foi penalizado por órgão estadual

Breno Mendes é proibido pelo Justiça de continuar fazendo campanha em órgãos públicos

Candidato do governador é denunciado pelo MPE por fazer campanha no Detran

Lucas Follador lidera em Ariquemes para prefeito

Lucas Follador aparece com 32,2% das intenções de voto, contra 25,8% de Carla Redano (Patriota)

Vinícius Miguel apresenta medidas para garantir mais segurança à população de Porto Velho

Entre os crimes que chamam a atenção está o estupro. Segundo a 13º edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, Porto Velho

Envie seu Comentário