Jair Montes desmente coronel e diz que dívida da Energisa continua

Jair Montes desmente coronel e diz que dívida da Energisa continua

O deputado Jair Montes (Avante), relator da CPI que apura possíveis irregularidades da Energisa em Rondônia, lamentou nesta terça-feira (19), durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa, as afirmações do diretor geral do DER, coronel Meireles. De acordo com o parlamentar, Meireles garantiu a uma emissora de rádio que o Tribunal de Contas havia perdoado a dívida milionária da empresa para com o governo local.

Montes esclareceu que o TC não tem o poder de perdoar dívida da Energisa e de nenhuma outra companhia. “Isso não é atribuição do tribunal. Não compete aos conselheiros tal procedimento,” disse, acrescentando que a concessionária de energia elétrica continua devendo R$ 2 milhões aos cofres públicos.

Em aparte, o presidente do Poder, Laerte Gomes (PSDB), confirmou a fala do dirigente do DER e informou que ele (coronel Erasmo Meireles e Sá) até aumentou o valor do débito para R$ 6 milhões, ao conceder entrevista a uma emissora de rádio de Ji-Paraná. “Ele (o coronel) disse que o Tribunal de Contas perdoou a dívida. Eu mesmo escutei.”

Ainda falando da tribuna, Jair Montes lembrou que foi eleito também para fiscalizar gastos públicos. “Não sou contra a compra do hospital Regina Pacis pelo governo do Estado, mas apenas quero verificar se a negociação foi feita dentro da legalidade e por um valor compatível com o preço real de mercado do imóvel,” explicou.

O deputado disse ainda que mandou ofício para a Secretaria de Saúde solicitando pormenores da transação financeira e endereçou cópias do documento para os órgãos de controle do Estado e, inclusive, para a Polícia Federal. “A população cobra transparência,” destacou.

Fonte: DECOM - ALE
Publicada em 20 de maio de 2020 às 08:25

 

Leia Também

Hospital de Campanha não saiu por culpa do MP e do Tribunal de Contas, diz Jair Montes

Capital chega no pico da pandemia sem leitos suficientes para tratar pacientes

Deputado Lebrão acompanhando a reforma e ampliação da Ciretran em São Miguel do Guaporé

Estão sendo investidos R$ 600 mil nas obras, atendendo a uma indicação do parlamentar

Laerte Gomes anuncia a liberação de R$ 1,360 milhão para apoiar Presidente Médici

Presidente da Assembleia Legislativa garantiu os investimentos, beneficiando diversos setores do município

Nota de Pesar - Câmara de Porto Velho lamenta morte do superintendente do Banco da Amazônia em Rondônia

O presidente da Casa de Leis municipal, Edwilson Negreiros, do PSB, prestou condolências à família de Wilson Evaristo

Envie seu Comentário