Taxista é encontrado morto em Porto Velho; prefeitura investiga caso como suspeito de Covid-19

Taxista é encontrado morto em Porto Velho; prefeitura investiga caso como suspeito de Covid-19

Um taxista foi encontrado morto em uma vila de apartamentos no bairro Nova Porto Velho nesta quarta-feira (8). Ele é considerado pela Prefeitura de Porto Velho como suspeito de ter o novo coronavírus.

A assessoria de comunicação da prefeitura informou ao G1 que durante a manhã foi informada da morte e imediatamente se deslocou ao local para acompanhar a remoção do corpo.

O Município ainda disse que há três semanas a vítima reclamou para o dono da vila de apartamentos onde morava que estava sentindo falta de ar. Por ser um sintoma sugestivo a Covid-19, mesmo sem a confirmação da doença, o homem será sepultado de acordo com os protocolos de segurança recomendados, ou seja, com caixão lacrado e em uma área isolada do cemitério.

"O homem não tem parentes na capital. Nós estamos apurando se ele procurou atendimento em UPAs durante as últimas três semanas. Ainda estamos apurando as informações e mais tarde vamos atualizar com um boletim da divisão de vigilância sanitária", informou a equipe de comunicação da prefeitura.

Acrescentando que qualquer pessoa que falecer suspeita de Covid-19 será sepultada dentro do protocolo exigido, como se tivesse a doença.

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) informou que tem conhecimento da suspeita e que cabe a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) fazer o monitoramento e coletar os exames de seus respectivos casos suspeitos.

A Sesau também disse que até o momento não foram encaminhados pela prefeitura ao Laboratório Central de Rondônia (Lacen) as amostras coletadas da vítima.

Fonte: Com informação do G1
Publicada em 08 de abril de 2020 às 13:40

 

Leia Também

Governo autoriza contratação de 5.158 profissionais de saúde para combater o coronavírus

Ministério da Saúde definirá como será distribuição das contratações nas cidades. Contratos terão validade de até seis meses e maior parte é para técnico de enfermagem.

Governo de Rondônia exclui categorias da Saúde de aumentos salariais.

Profissionais de Saúde completaram uma década sem aumentos. O Coren-RO apoia a luta dos profissionais de Enfermagem por melhores salários.

Internacional Avião com mais de 100 pessoas a bordo cai no Sul do Paquistão

Aeronave caiu em um bairro residencial da cidade de Carachi

Atendimento remoto do INSS é prorrogado até o dia 19 de junho

A decisão foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Envie seu Comentário