Luciano Hang, empresário da Havan, entra com processo contra professor Samuel Costa

Luciano Hang, empresário da Havan, entra com processo contra professor Samuel Costa

Porto Velho, RO - O mega empresário Luciano Hang, popular Veio da Havan, estará em Porto Velho no dia 06 de março para ser ouvido em um processo que move contra o professor e jornalista Samuel Costa, que deu as dicas como atear fogo também na estátua da liberdade da loja instalada na capital.

O todo-poderoso Luciano Hang, dono da Havan, empresário de sucesso que só o ano passado lucrou mais de R$ 1 bilhão de suas 144 lojas espalhadas por todo o País será ouvido no dia 6 de março pelo 1º Juizado Especial Criminal de Porto Velho em um processo de queixa-crime. 

O caso é polêmico e de grande repercussão no País, pois envolve um dos maiores entusiastas do Governo Bolsonaro contra um ativista político e defensor do ex-presidente Lula, jornalista e professor, mas que tem forças nas palavras e ousadia de sobra para desafiar os mandatários da política conservadora. 

Na queixa-crime por calúnia, injúria e difamação, Samuel é acusado de ter chamado o empresário de ladrão. A audiência está marcada para as 8h20 no Juizado Especial Criminal, Fórum Desembargador César Montenegro, em Porto Velho, e deverá atrair a atenção dos holofotes da mídia. 

Essa não é a primeira vez que o acadêmico desafia o magnata da Havan. No dia 31 de dezembro de 2019, ele polemizou na rede social quando fez um post falando da facilidade de se incendiar a estátua da Havan por ela ser construída com material plástico e inflamável. 

Em contato com nossa reportagem, Samuel disse que não retira o que disse e ainda deixou claro que o empresário não tem moral nenhuma para atacar a honra de ninguém.

“Ele alugou um avião para xingar o Lula de ladrão, mas o ´Véio da Havan´ também já foi condenado a 15 anos de prisão. A gente tem que começar a chamar aqui no Brasil as coisas do jeito que elas são”, finalizou. 

1º JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL
1º Cartório do Juizado Especial Criminal
Proc.: 0000156-44.2020.8.22.0601
Ação: Crimes de Calúnia, Injúria e Difamação de Competência 
Querelante: Luciano Hang
Advogados: MURILO VARASQUIM (OAB/PR 41918), RICARDO e MATHIAS LAMERS (OAB/PR 50.740)
Querelado: Samuel Costa Menezes

DESPACHO:”Vistos, etc. Tendo em vista a apresentação da queixacrime, designo audiência de conciliação para o dia 6.3.2020, às 08h20min. Intime-se o querelante por meio de advogado constituído.
Serve esta de MANDADO para intimação do querelado.

Ao Senhor Oficial de Justiça, intimar:SAMUEL COSTA MENEZES portador  do CPF nº 943.402.502-87, residente na rua Capão Bonito, nº 7161,
em Porto Velho/RO.

Esclareço que a audiência designada acima  ocorrerá na sede do Juizado Especial Criminal de Porto Velho, Fórum Desembargador César Montenegro, Av. Pinheiro Machado nº 777, 8º andar, esquina com Rua Gonçalves Dias, bairro Olaria, nesta cidade.Porto Velho-RO, quarta-feira, 22 de janeiro de 2020.”

(a) Roberto Gil de Oliveira - Juiz de Direito.

Fonte: O OBSERVADOR
Publicada em 11 de fevereiro de 2020 às 10:39

 

Leia Também

Cid Gomes é baleado em protesto de PMs em Sobral

Ex-governador do Ceará foi levado ao Hospital do Coração da cidade do interior do Ceará. Assessoria diz que disparo foi com arma de fogo.

OAB Rondônia: 46 anos inspirando confiança na democracia - por Elton Assis

Neste 2020 a OAB Rondônia encerra 46 anos de existência.

Sindicatos do Fisco Estadual marcam Assembleia Conjunta em caráter de urgência

A assembleia será realizada no dia 21 de fevereiro (sexta-feira), ás 09h, na sede do Sindafisco em Porto Velho, R. José Bonifácio, 814 – Olaria.

Ministério Público de Rondônia suspende expediente no carnaval e retorna atividades na Quarta-feira de Cinzas

Na Quarta-Feira de Cinzas, 26 de fevereiro, o expediente na Instituição será das 14 às 18 horas.

Envie seu Comentário