Através do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública projeto visa combater crimes organizados na região Norte

Através do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública projeto visa combater crimes organizados na região Norte

O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, a convite do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, participou na sexta-feira (13), em Manaus (AM), da ativação do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública Regional – Norte (CIISPR-N), um dos projetos estratégicos do governo federal, que englobará representantes dos estados de Rondônia, Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima e Tocantins, com foco no combate ao crime organizado e à criminalidade violenta.

Com sede no Amazonas, o Centro tem a finalidade de aprimorar os conhecimentos qualificados na área da inteligência, setores preventivos e operacionais da segurança pública, além de integrar as Agências de Inteligência de Segurança Pública da região Norte às demais regiões do Brasil.

No mesmo evento foi celebrado o Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério da Justiça e o Estado do Amazonas com o objetivo de definir obrigações e responsabilidades relacionadas à implantação e à manutenção da referida unidade, o qual prevê, ainda, em sua cláusula décima primeira, a participação dos demais estados da região por meio da assinatura do Termo de Adesão.

Foram investidos na aquisição de equipamentos eletrônicos para estruturar o CIISPR-Norte R$ 2 milhões. O Centro contará com integrantes do setor de inteligência dos sete estados da região Norte inseridos no projeto. “Essa iniciativa vai possibilitar a integração e troca de informações entre os estados participantes e outras agências de segurança pública do país. O que vai permitir uma melhor análise e a tomada de decisões estratégicas para combater o crime organizado e gerar mais segurança aos nossos cidadãos”, destacou o governador Marcos Rocha, avaliando a importância do Centro.

Com a coleta de informações integradas sobre organizações criminosas, será possível elaborar estratégias preventivas de combate ao tráfico de armas, de drogas e redução de violência criminosa. “Vamos trabalhar de forma unificada. Todos os estados podem contar com o governo federal no combate ao crime”, afirmou o ministro Sergio Moro.

CIISPR-NORTE

É um dos projetos estratégicos do Ministério da Justiça e Segurança Pública que abrange, também, o Centro Integrado de Inteligência Nacional (CIISP-N). Inaugurado em agosto, o Centro Nacional é o responsável por nortear diretrizes e coordenar trabalhos que contemplarão cinco regiões do país. Além da região Norte, também estão em operação o Centro do Nordeste (CIISPR-NE) e do Sul (CIISPR-SUL).

Os Centros Noroeste e Sul já realizaram mais de 1300 difusões de documentos de inteligência. Com ativação do CIISPR-Norte, a Rede CIISP passará ter acesso a aproximadamente 200 bases de dados de 19 estados do país.

Participaram, também, da cerimônia, o governador do Amazonas, estado sede do Centro Norte, Wilson Lima; demais governadores e secretários de segurança pública da região Norte e o secretário de Operações Integradas do MJSP, Rosalvo Franco.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia
Publicada em 14 de dezembro de 2019 às 11:47

 

Leia Também

São Lucas oferece bolsas de até 100% para ingressantes com a nota do ENEM

A concessão de bolsas estará atrelada a pontuação obtida no ENEM de 2010 a 2019.

IPAM irá cobrar judicialmente ´assessores de vereadores´ que se beneficiaram do instituto indevidamente

Presidente diz que não há chance alguma de fechamento do instituto

Campanha Troco Solidário Havan arrecada R$ 11,4 milhões em todo o Brasil

Valor contribuiu para a melhoria e o andamento das 206 instituições beneficiadas com a ação em 2019

Após negociação durante a madrugada, transporte coletivo volta circular em Porto Velho

80 funcionários do turno matutino aceitaram voltar ao trabalho, mas a frota continua reduzida por conta das férias escolares.

Envie seu Comentário