PRF prende motorista embrigada após tentar fuga durante fiscalização

PRF prende motorista embrigada após tentar fuga durante fiscalização

Às 10h30 desta sexta-feira (13), um motorista embriagado foi preso por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Ji-Paraná (RO). O homem, de 32 anos, desrespeitou a ordem de parada dos policiais e passou a dirigir o carro perigosamente.

Uma guarnição da PRF realizava um serviço de escolta no km 297 da BR-364, quando um carro realizou uma ultrapassagem indevida do comboio, fazendo a manobra no acostamento e em alta velocidade. De imediato, os policiais determinaram que o condutor parasse o veículo, ordem que foi desrespeitada.

Depois de dirigir por cerca de 40 quilômetros de forma perigosa, tendo, inclusive, colidido em outro carro, o motorista foi abordado e apresentava visíveis sinais de embriaguez. Submetido ao teste do bafômetro, foi aferido um resultado de 1,07 mg/l, ou seja, mais do que o triplo necessário para configuração do crime de embriaguez ao volante.

O homem, que pegou o carro emprestado de um amigo, afirmou que tinha tomado um litro de vodka e que pretendia se matar. Diante da prática dos crimes de embriaguez ao volante e direção perigosa, o indivíduo foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia da Polícia Civil.

Fonte: Assessoria
Publicada em 13 de dezembro de 2019 às 18:13

 

Leia Também

PRF apreende carga de cigarros avaliada em mais de oitocentos mil reais

Após denúncia anônima, os policiais abordaram um caminhão do Paraná, que transportava 162.500 maços de cigarro contrabandeados

PRF apreende arsenal de guerra, explosivos e coletes balísticos em Ji-Paraná

Dois homens, que já possuíam antecedentes criminais, transportavam o material ilícito em um carro adulterado

Trio de caçadores é preso pela PRF com 2 armas de fogo e várias facas em Vilhena

As prisões foram efetuadas quando uma equipe realizava patrulhamento em uma estrada vicinal, localizada na zona rural da cidade

Polícia Militar Ambiental prende 10 pessoas em operação conjunta; 12 dragas foram encontradas e apreendidas em Porto Velho

A operação Rio Madeira seguirá por tempo indeterminado e é realizada a pedido do Ministério Público de Rondônia (MP-RO) e Ministério Público Federal (MPF)

Envie seu Comentário