Produtores de Vilhena ganham 4 prêmios culturais nacionais

Produtores de Vilhena ganham 4 prêmios culturais nacionais

Os produtores culturais vilhenenses, Andréia Machado, Marcio Guilhermon, Washington Kuipers e Queiteane Rodrigues estão comemorando, pois ganharam quatro prêmios culturais da Fundação Nacional de Artes – Funarte.

Eles ganharam o “Prêmio Funarte Descentrarte” que tem como objetivo promover a cidadania e o progresso dos municípios de médio porte – ou seja, que tenha entre 50 mil e 100 mil habitantes, por meio do incentivo à criação à produção e à formação artísticas.

O edital do prêmio selecionou 120 projetos artísticos no Brasil nas categorias de circo, artes visuais, dança, teatro, literatura e artes integradas.

“Estamos muito felizes em ser contemplado com quatro prêmios, esse é o reconhecimento do trabalho que estamos realizando há mais de 10 anos em Rondônia para a valorização da cultura amazônica”, disse a jornalista Andréia Machado.

Sobre os prêmios:

A jornalista e produtora cultural Andréia Machado ganhou o prêmio na categoria produção literária com o projeto “Revista Cultural Aventuras na Amazônia”

O fotografo Washington Kuipers ganhou o prêmio na categoria artes visuais com o projeto “Oficina de fotografia Faces do Quilombo”.

Já o músico e produtor cultural Marcio Guilhermon ganhou o prêmio na categoria de dança com o projeto “Oficina De Dança Afro-Brasileira: Reconstruindo O Quilombo”.

A jornalista e produtora cultural Queiteane Rodrigues ganhou o prêmio na categoria teatro com o projeto “Espetáculo Teatral: História De Rita”

“Em breve vamos ter várias ações culturais em Vilhena para agradar a todos os gostos, com apresentação teatral, oficinas de dança e fotografia e a produção de uma revista dedicada a retratar a riqueza da cultural local”, ressaltou Queiteane Rodrigues.

Com o recurso que os produtores culturais vão receber dos prêmios eles vão realizar os projetos culturais em Vilhena.  “O nosso objetivo é levar os projetos culturais para os vilhenenses de forma gratuita valorizando assim a riqueza cultural local”, disse Marcio Guilhernon.

Os produtores fazem parte do grupo cultural Ponto de Cultura e Mídia Livre Serpentário Produções e da Associação Cultural Diversidade Amazônica que trabalha com promoção da cultura em Rondônia.

“Já produzimos vídeos documentários, revistas, cartilhas entre outros projetos e queremos continuar trabalhando com projetos relacionados na valorização e visibilidade da cultura amazônica. Temos a sorte do grupo contar com várias pessoas dedicadas que tem contribuído para o sucesso dos projetos realizados e vamos continuar trabalhando para melhorar a cada dia”, finalizou Washington Kuipers.

Fonte: Assessoria
Publicada em 07 de dezembro de 2019 às 09:02

 

Leia Também

São Lucas oferece bolsas de até 100% para ingressantes com a nota do ENEM

A concessão de bolsas estará atrelada a pontuação obtida no ENEM de 2010 a 2019.

IPAM irá cobrar judicialmente ´assessores de vereadores´ que se beneficiaram do instituto indevidamente

Presidente diz que não há chance alguma de fechamento do instituto

Campanha Troco Solidário Havan arrecada R$ 11,4 milhões em todo o Brasil

Valor contribuiu para a melhoria e o andamento das 206 instituições beneficiadas com a ação em 2019

Após negociação durante a madrugada, transporte coletivo volta circular em Porto Velho

80 funcionários do turno matutino aceitaram voltar ao trabalho, mas a frota continua reduzida por conta das férias escolares.

Envie seu Comentário