Mulher grávida pula do 2º andar para fugir de cárcere e agressão

Mulher grávida pula do 2º andar para fugir de cárcere e agressão

Uma mulher grávida, que era mantida em cárcere privado pelo seu ex-companheiro, pulou a janela do segundo andar para fugir das agressões do homem neste domingo (18/11/2019). Segundo reportagem do jornal O Tempo, ela era vítima de chutes contra a barriga, socos na cabeça e ameaças de morte. O caso aconteceu em Raposos, região metropolitana de Belo Horizonte.

O suspeito, na sequência, ainda pulou atrás dela e continuou a espancá-la. Ele só parou quando policiais que tentavam negociar a liberdade da mulher chegaram. A vítima tem 23 anos e foi socorrida e enviada ao posto de saúde municipal de Raposos e sobreviveu. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do bebê, filho do agressor.

Vizinhos ouviram gritos
Ao ouvir os gritos e os pedidos de socorro da mulher, vizinhos da casa onde ela estava presa acionaram a Polícia Militar. À porta da residência, os policiais encontraram o suspeito agarrando a ex-companheira pelo pescoço, bem na janela.

Fonte: Metrópolis
Publicada em 18 de novembro de 2019 às 08:00

 

Leia Também

Crianças de 1 e de 3 anos são mortas pela mãe porque ´´complicavam´´ vida sexual

Louise Porton, de 23 anos, acaba de ser condenada à prisão perpétua. Filhas morreram com 17 dias de diferença, no interior da Inglaterra

PRF prende motorista embrigada após tentar fuga durante fiscalização

Durante a tentativa de fuga, o homem dirigiu de forma perigosa e chegou a bater o carro, que pertencia a um amigo

Mulher permitia que filha de 11 anos fosse estuprada pelo padrasto

A mãe da criança é deficiente visual, mas era conivente com os abusos, segundo a polícia. O padrasto das crianças chegava em casa bêbado

PRF prende foragido por estupro de vulnerável em Ariquemes

O indivíduo, que era procurado pelo Poder Judiciário de Buritis (RO) por abusar de uma jovem de 13 anos, trafegava na BR-364 em uma motocicleta

Envie seu Comentário