Internautas espalham “Fake News” sobre problema no transformador do Hospital em Rolim de Moura

Internautas espalham “Fake News” sobre problema no transformador do Hospital em Rolim de Moura

A Prefeitura de Rolim de Moura (RO) por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) esclarece que são inverídicas as informações que estão circulando nas redes sociais de que a concessionária Energisa teria cortado o fornecimento de energia elétrica no Hospital Municipal Amélio João da Silva por falta de pagamento da fatura por parte administração.

A verdade dos fatos é que o transformador queimou e o diretor do HM, Reinaldo Macedo, rapidamente viabilizou junto a Energisa um novo equipamento. O diretor informou que o grupo gerador também apresentou problemas, mas técnicos fizeram a manutenção e a energia foi reestabelecida em menos de uma hora.

A Semusa esclarece que foram feitos todos os esforços para que a situação fosse normalizada, se colocando à disposição para esclarecimentos da verdade dos fatos, agradecendo a equipe da Energisa e os eletricistas do município.  Em tempo esclarece que que a Procuradoria do Município já está tomando as providências jurídicas com relação as “Fake News”

Fonte: Decom - Rolim de Moura
Publicada em 11 de novembro de 2019 às 17:37

 

Leia Também

Através do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública projeto visa combater crimes organizados na região Norte

Governador Marcos Rocha destacou a importância do Centro Norte para a segurança Pública

Pagamento dos servidores públicos do estado de Rondônia será no dia 20

O aquecimento com o pagamento da folha é de aproximadamente R$ 277 milhões

Sepog divulga PIB dos municípios rondoniense em 2017

Porto Velho, Ji-Paraná, Vilhena, Ariquemes, Cacoal, Jaru, Rolim de Moura, Pimenta Bueno, Guajará-Mirim e Ouro Preto do Oeste aparecem como as principais economias dentre os municípios

´´Brasil está no caminho de um futuro tóxico´´diz relator da ONU

Depois de tentar por cinco anos visitar o Brasil, enviado apontou problemas de transparência, legislação e punição para crimes ambientais

Envie seu Comentário