Trabalhar muitas horas provoca queda de cabelo, diz estudo

Trabalhar muitas horas provoca queda de cabelo, diz estudo

 

Um estudo recente, publicado na revista científica Annals of Occupational and Environmental Medicine, concluiu que existe uma relação entre o número de horas de trabalho e a queda de cabelo. 

A pesquisa revelou que os homens entre os 20 e os 30 anos que trabalhavam pelo menos 52 horas semanais, perdiam o cabelo mais rapidamente do que aqueles que tinham um horário de trabalho regular.

Para chegar a estes resultados, a equipe estudou 13391 empregados, divididos em três grupos: aqueles que trabalhavam 40 horas semanais, os que trabalhavam 52 horas, e os que trabalhavam mais do que 52. O primeiro grupo registrou um aumento de dois por cento na queda de cabelo, o segundo de três por cento, e o último de quatro.

Segundo os pesquisadores sul coreanos, o estudo teve também em conta as variáveis do seu estilo de vida e o estado civil. Mas a conclusão permanece a mesma: trabalhar demais e não ter horas de lazer danifica os folículos e causa a queda de cabelo.

Fonte: Minutos Ao Minutos
Publicada em 06 de novembro de 2019 às 21:56

 

Leia Também

Vira-lata caramelo é escolhido como mascote da Copa América 2020

A Copa América 2020 acontece entre 12 de junho e 12 de julho do próximo ano e terá Colômbia e Argentina como sedes.

Programa Se Joga deve deixar a programação da Globo em janeiro

A atração não consegue se consolidar na audiência e perde para a principal concorrente

Último programa de Gugu Liberato na Record vai ao ar nesta quarta-feira

A final do Canta Comigo já estava gravada e será exibido pela transmissora de TV

Geisy Arruda e Kid Bengala preparam rabanada; Kid dispara: Sonho com sua rabanada

A gravação ocorreu na Casa das Brasileirinhas, um dos maiores cenários de filmes adultos brasileiros.

Envie seu Comentário