Energisa: Hermínio diz que Ceron foi entregada de mãos beijadas e população alertada sobre aumentos

Energisa: Hermínio diz que Ceron foi entregada de mãos beijadas e população alertada sobre aumentos

O ex-deputado estadual Hermínio Coelho disse esta semana que todas as questões envolvendo o aumento abusivo nas tarifas cobradas pela Energisa já haviam sido antecipadas por técnicos do setor elétrico antes da venda da Ceron pela Eletrobrás, nos meses que se antecederam ao leilão da Aneel. 

Em um vídeo gravado pelo ex-parlamentar em frente ao escritório central da Energisa, em Porto Velho e publicado na Internet, Hermínio diz que a Ceron foi entregue de mão beijada para a iniciativa privada por R$ 50 mil, mesmo com os  inúmeros alertas enviados às autoridades. 

“Na época que o Governo Federal estava privatizando... privatizando não, entregando, o Sindicato dos Urbanitários e o Senge, sindicato dos Engenheiros, alertaram que a situação iria piorar. Nós mesmos, na Assembleia Legislativa lutamos muito para que isso acontecesse. Sabíamos que a privatização piorar”, ressaltou. 

Segundo Hermínio, o Governo Federal vendeu a  ilusão de que a privatização iria baratear a tarifa e melhoraria o atendimento. “Infelizmente nossa bancada federal foi omissa, não deu a  mínima e também o Governo do Estado que foi cúmplice nesse esquema”, denunciou. 

Para o ex-parlamentar, o Governo se beneficiou do aumento e ficou caladinho porque lucra muito ao receber 20% de todo o valor cobrado na fatura de energia elétrica cobrado pela Energisa. “Confúcio Moura nunca abriu a boca quando era governador e nem agora como  senador, com os aumentos autorizados pela Aneel. Nem mesmo o atual governador Marcos Rocha fala alguma coisa”, disse ele. 

Ao finalizar, Hermínio destacou o compromisso da Assembleia Legislativa ao instaurar uma CPI para investigar os desmandos da Energisa em Rondônia. “Espero que a Assembleia dê uma resposta à população, apesar que esse negócio de aumento ser uma questão federal e que diz respeito mais à atuação da bancada federal no assunto que é fazer essa Energisa respeitar o povo de Rondônia”.

Fonte: VIA RONDÔNIA
Publicada em 22 de outubro de 2019 às 11:53

 

Leia Também

Governo de Rondônia exclui categorias da Saúde de aumentos salariais.

Profissionais de Saúde completaram uma década sem aumentos. O Coren-RO apoia a luta dos profissionais de Enfermagem por melhores salários.

Internacional Avião com mais de 100 pessoas a bordo cai no Sul do Paquistão

Aeronave caiu em um bairro residencial da cidade de Carachi

Atendimento remoto do INSS é prorrogado até o dia 19 de junho

A decisão foi publicada hoje no Diário Oficial da União

Prefeitura da Capital antecipa salários de servidores para terça

O titular da Semad, Alexey da Cunha Oliveira, explicou que apesar da preocupação com a arrecadação do município, afetada com a Covid-19, o salário dos servidores de junho, assim como o pagamento da primeira parcela do 13º para os comissionados

Envie seu Comentário