Grávido: Homem trans dá à luz menina de 3,450 kg

Grávido: Homem trans dá à luz menina de 3,450 kg

O sonho do casal Taris de Souza, professora de ensino infantil, e Frank Teixeira, auxiliar de produção, de ter um filho se concretizou nessa quarta-feira (11/09/2019). O caso teve grande repercussão em Itapira, cidade a 166 quilômetros de São Paulo, porque quem deu à luz foi o pai.

Taris fez 11 tentativas frustradas de inseminação caseira. Frank é um homem transexual, e resolveu testar a inseminação nele mesmo, que há seis meses estava sem tomar ampolas de testosterona. Na primeira e única tentativa, engravidou durante o procedimento.

Em entrevista, Frank afirmou que não está preocupado com a necessidade de explicar para a filha Antonella, que nasceu com 3,450 kg, 48 cm e saudável, a configuração da família. “Quando ela estiver em uma idade em que entenderá mais as coisas, vamos explicar”, destacou.

O casal se conheceu há seis anos, quando ele ainda se identificava com o gênero feminino. Após dois anos juntos, Frank começou a tomar hormônios masculinos e não fez mastectomia. Isso permite que os pais de Antonella pensem em amamentar juntos a filha.

Fonte: Metrópoles
Publicada em 12 de setembro de 2019 às 17:04

 

Leia Também

Transporte Escolar Aquaviário atende alunos nas regiões ribeirinhas de Porto Velho

Aproximadamente 60 embarcações já efetuando o transportes dos estudantes

Prefeitura inicia construção do muro e subestação elétrica da Creche do Cidade Alta

Na manhã desta terça-feira, (22/10), o prefeito Luizão do Trento, acompanhado do vice-prefeito Fabricio Melo fiscalizaram o andamento da obra

Primeiro Aulão Rosa de Zumba acontece nesta quarta-feira, (23)

O evento está programado para iniciar as 18h30min. Além da Palestra, do Aulão de Zumba, será servido um coquetel de frutas.

Após representações propostas pelo Ministério Público Eleitoral, partidos políticos de Pimenta Bueno têm seus registros suspensos

Foram devidamente apuradas as irregularidades dos atos partidários, fato que implicou na adoção destas medidas judiciais

Envie seu Comentário