Mulher viaja 70 horas para comemorar soltura de Lula, perde emprego e pede ajuda para voltar para casa

Mulher viaja 70 horas para comemorar soltura de Lula, perde emprego e pede ajuda para voltar para casa

Fã do PT de carteirinha, Antônia Santos (Toinha), Viajou 70 horas do Pernambuco até Curutiba-PR para comemorar "soltura" de Lula, além do HC ser recusado por 3 a 2, ainda acabou perdendo seu emprego no Pernambuco e agora esta abandonada pelos militantes do PT, CUT e MST alem de desempregada, sem dinheiro para pagar passagem de volta, ainda, teve que vender a moto para arcar com as despesas da ida.

Revoltada, Toinha disse que não irá mais participar de nada em relação ao PT e Lula. “Tem mais jeito não, é mais fácil eu beber leite de onça do que eu ver ele solto e sendo presidente de novo”. A mulher se encontra sozinha na rodoviária pedindo doações e esperando um filho de Deus lhe ajudar a voltar para casa.

Desde a semana passada, a movimentação de ônibus levando petistas de São Paulo, Rio de Janeiro e de outros estados para Curutiba-PR era intensa. A maioria das caravanas era formada por integrantes do MST.

Em frente à sede da Polícia Federal, a vigília aumentava a cada hora com a expectativa da votação que garantiria a soltura de Lula até o julgamento da análise do mérito que deverá ocorrer em agosto.

O HC que pedia a soltura do ex-presidente Lula foi rejeitado pela segunda turma do STF por 3 a 2.

Fonte: CORVO NEWS
Publicada em 27 de junho de 2019 às 08:29

 

Leia Também

Através do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública projeto visa combater crimes organizados na região Norte

Governador Marcos Rocha destacou a importância do Centro Norte para a segurança Pública

Pagamento dos servidores públicos do estado de Rondônia será no dia 20

O aquecimento com o pagamento da folha é de aproximadamente R$ 277 milhões

Sepog divulga PIB dos municípios rondoniense em 2017

Porto Velho, Ji-Paraná, Vilhena, Ariquemes, Cacoal, Jaru, Rolim de Moura, Pimenta Bueno, Guajará-Mirim e Ouro Preto do Oeste aparecem como as principais economias dentre os municípios

´´Brasil está no caminho de um futuro tóxico´´diz relator da ONU

Depois de tentar por cinco anos visitar o Brasil, enviado apontou problemas de transparência, legislação e punição para crimes ambientais

Envie seu Comentário