Três são presos com motocicletas clonadas na zona Sul de Porto Velho

Três são presos com motocicletas clonadas na zona Sul de Porto Velho

Três suspeitos identificados como Felipe Almeida do Nascimento, 20 anos, Fabrício de Brito da Silva, 26 anos e Everton Pereira dos Santos, 26 anos, foram presos na noite de sexta-feira (21), pelo crime de organização criminosa, receptação de veículo roubado ou furtado, durante uma abordagem de rotina feita por uma guarnição a dois suspeitos que estavam ocupando uma moto na Rua Netuno, bairro Nova Floresta, setor sul de Porto Velho.

A dupla ficou nervosa ao avistar a guarnição levantando a curiosidade dos PM's em fazer a abordagem, sendo dada ordem de parada e logo foi procedida a revista pessoal e nada foi encontrado e quando feito uma vistoria na moto foi constatado que a numeração do chassis havia sido remarcada e que possivelmente seria clonada.

Questionados, eles falaram que compram através de um aplicativo de compra e venda. Depois de um certo tempo decidiram cooperar com os policiais indicando onde poderia haver outras motos, consequentemente disseram que havia alguém que as roubada ou furtava próximo do shopping e as clonavam e eram revendidas no site OLX, chegando a custar cerca de R$: 2.000 reais cada moto. Um terceiro foi preso remarcando outras duas motos roubadas e o trio foi levado para a Central de flagrantes onde à suspeita de mais pessoas envolvidas no crime.

Três suspeitos identificados como Felipe Almeida do Nascimento, 20 anos, Fabrício de Brito da Silva, 26 anos e Everton Pereira dos Santos, 26 anos, foram presos na noite de sexta-feira (21), pelo crime de organização criminosa, receptação de veículo roubado ou furtado, durante uma abordagem de rotina feita por uma guarnição a dois suspeitos que estavam ocupando uma moto na Rua Netuno, bairro Nova Floresta, setor sul de Porto Velho.

A dupla ficou nervosa ao avistar a guarnição levantando a curiosidade dos PM's em fazer a abordagem, sendo dada ordem de parada e logo foi procedida a revista pessoal e nada foi encontrado e quando feito uma vistoria na moto foi constatado que a numeração do chassis havia sido remarcada e que possivelmente seria clonada.

Questionados, eles falaram que compram através de um aplicativo de compra e venda.  Depois de um certo tempo decidiram cooperar com os policiais indicando onde poderia haver outras motos, consequentemente disseram que havia alguém que as roubada ou furtava próximo do shopping e as clonavam e eram revendidas na OLX, chegando a custar cerca de R$: 2.000 reais cada moto. Um terceiro foi preso remarcando outras duas motos roubadas e o trio foi levado para a Central de flagrantes onde à suspeita de mais pessoas envolvidas no crime.

Fonte: VIA RONDÔNIA
Publicada em 22 de junho de 2019 às 10:38

 

Leia Também

Conferência da Juventude discutirá políticas públicas para Ji-Paraná

O objetivo, segundo o membro da comissão organizadora, Patrick Magalhães da Silva, é debater políticas públicas para a juventude e elaborar propostas para os próximos dois anos.

PDT se reúne para definir punição a deputada de RO e outros sete que votaram a favor da reforma

Ex-ministro Ciro Gomes defende que todos deixem espontaneamente o partido

Deputado Jhony Paixão garante segunda unidade do Colégio Tiradentes em Jí-Paraná

Inicialmente a escola atenderá 1.400 alunos e seguirá todos os parâmetros metodológicos e educacionais das unidades já existentes.

TCU rejeita pedido de Cassol, mantém multa e proibição de exercer cargo por cinco anos

Cassol atualmente cumpre pena pelo crime cometido entre os anos de 1998 e 2000 quando era prefeito

Envie seu Comentário