Líder da Coreia do Norte vai se encontrar com Putin ainda este mês, diz governo russo

Líder da Coreia do Norte vai se encontrar com Putin ainda este mês, diz governo russo

O governo da Rússia anunciou, nesta quinta (18), que o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, vai viajar à Rússia ainda no mês de abril para se encontrar com Vladimir Putin,presidente do país. Segundo a agência de notícias Reuters, não foram dados detalhes sobre a reunião no site do palácio do Kremlin, canal oficial do governo russo.

A possibilidade de os dois líderes se reunirem já havia sido sinalizada pelo próprio governo russo na segunda (15):

 

"Posso confirmar que a reunião está sendo preparada. Na realidade, há algum tempo que estamos conversando", disse o porta-voz da presidência russa, Dmitri Peskov, citado pela agência "Interfax".

 

Putin também deve participar, nos dias 26 e 27 de abril, de um fórum em Pequim. Segundo a agência de notícias EFE noticiou na segunda-feira, não está descartada a possibilidade de o líder russo se reunir com Kim na ida ou na volta de sua viagem à China.

 

Impasse com os EUA

 

O presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, durante encontro no Vietnã. — Foto: Reuters/Leah Millis

O presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, durante encontro no Vietnã. — Foto: Reuters/Leah Millis

O anúncio do encontro ocorre em um contexto no qual o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pressiona o governo da Coreia do Norte para que acabe com as tensões nucleares na península coreana, segundo a agência de notícias Reuters.

Também nesta quinta (18), o país asiático solicitou os Estados Unidos que substituam seu secretário de Estado, Mike Pompeo, como líder nas negociações sobre desnuclearização, para que o diálogo sobre o tema possa prosseguir, segundo a agência "KCNA".

Na quarta-feira (17), Kim Jong-Un supervisionou o teste de lançamento de uma nova arma tática guiada no país. Segundo a agência local, Kim apontou que cientistas e militares têm feito "um bom trabalho para melhorar as capacidades de defesa" da Coreia do Norte. O líder norte-coreano também visitou uma base da força aérea do país, e supervisionou um exercício de voo.

Em março, os Estados Unidos impuseram uma nova rodada de sanções contra o programa de armas nucleares da Coreia do Norte, após o fracasso das negociações entre Trump e Kim para desnuclearizar o país asiático. A possibilidade de um novo encontro entre os líderes, que seria o terceiro na tentativa de chegar a um consenso sobre o assunto, não foi descartada pelo governo americano, segundo a Reuters

Fonte: G1
Publicada em 18 de abril de 2019 às 10:57

 

Leia Também

Operação Fronteira Mais Segura prende 12 pessoas em flagrante em Rondônia

Mais de 190 agentes atuaram na operação que contou com a presença do Exército

TCE suspendeu o edital da Concorrência Pública para serviços de limpeza urbana em Cacoal

Tribunal determina suspensão de edital milionário para serviços de limpeza urbana, caso a prefeitura e o secretários descumpram a decisão levarão multa de R$ 50 mil

Semtran realiza, no Porto Velho Shopping, a Campanha ‘Nem Por Um Minuto’

Visando esclarecer e diminuir a quantidade de infrações cometidas pelos condutores ao estacionar nas vagas destinadas aos idosos e pessoas com deficiência (PDC’S)

Consumidor poderá bloquear ligações de empresas de telecomunicações a partir desta terça-feira

Anatel pressionou o setor para apresentar uma solução para o problema

Envie seu Comentário