Bolsonaro tem aval de equipe médica para ter alta na quarta-feira

Bolsonaro tem aval de equipe médica para ter alta na quarta-feira

O presidente Jair Bolsonaro recebeu aval da equipe médica para ter alta do Hospital Albert Einstein na quarta-feira, 13. A data de saída vai depender do Palácio do Planalto. Nesta segunda-feira, 11, o presidente completou 15 dias de internação.

Após duas semanas de uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia e reconstrução do trânsito intestinal, Bolsonaro já se alimenta com dieta leve e apresentou melhora do quadro pulmonar - ele foi diagnosticado com pneumonia na semana passada. De acordo com os médicos, o presidente precisa ficar internado até quarta-feira, quando termina o período de medicação com antibióticos, administrados para conter a infecção no pulmão.

"Ele pode ter alta sim. Mas eu não sei se ele vai quarta, ele e o cerimonial (do Planalto) vão decidir", disse o cirurgião Antonio Luiz Macedo. "O presidente está ótimo, está perfeito."

Bolsonaro já está liberado para falar, como fez nesta segunda ao receber três ministros, um governador e um secretário paulista, destacou o médico. Além disso, o organismo dele respondeu de forma satisfatória à alimentação sólida, retomada nesta segunda. "A única pendência são os antibióticos", destacou Macedo.

Fonte: Noticia ao minuto
Publicada em 12 de fevereiro de 2019 às 09:14

 

Leia Também

Deputado Anderson Pereira solicita informações sobre custos de intervenção nas unidades prisionais

Audiências de conciliação foram realizadas entre o Estado e o Sindicato Singeperon

Deputado Follador trata do transporte escolar de Buritis na Seduc

Deputado também voltou ao DER, para discutir ponte do rio Jamari, na RO-459, e sobre o rio Massangana, no TB-40

Ismael Crispin aciona o DER para a construção de uma ponte na Linha 82, em São Miguel

Parlamentar recebeu vereadores do município e assegurou que trabalhará para ajudar a resolver o problema

Passageiro de Aeronave e preso com quase 4 kg de Cocaína no aeroporto de Porto Velho

O passageiro teria passado pelo equipamento de raio-x do aeroporto, sendo flagrado já no interior da sala de embarque com as drogas presas junto ao corpo por fitas adesivas.

Envie seu Comentário