Não foi por falta de aviso e agora quem vai pagar a conta?- Por Rubson Luiz

Não foi por falta de aviso e agora quem vai pagar a conta?- Por Rubson Luiz

O anúncio feito pelo Grupo Energisa, que comprou a Eletrobrás Rondônia por um preço irrisório, de que a conta de energia em Rondônia será reajustada em 25% causou espanto apenas para aqueles de memória curta. Em abril desse ano, um parecer do Tribunal de Contas da União (TCU) já alertava o Governo Federal sobre essa real possibilidade.

O parecer questionou o modelo adotado para leiloar as seis distribuidoras da Eletrobrás (inclusive a de Rondônia) pois a União entregaria um patrimônio de mão beijada seis empresas a um preço de R$ 5,4 bilhões. O prejuízo pela “venda casada” das empresas causou um prejuízo superior a R$ 10 bilhões. Deu no que deu e agora vem aí mais um “superaumento”.

O TCU justificou que parte dos passivos remanescentes das distribuidoras da Eletrobras será apropriada à parcela A da tarifa de energia, que corresponde aos custos não gerenciáveis, provocando aumento da conta de luz. Ou seja, toda a dívida que as estatais têm serão repassadas aos consumidores através da tarifa de energia.

E agora quem vai pagar essa conta?

Fonte: Rubson Luiz
Publicada em 12 de dezembro de 2018 às 15:31

 

Leia Também

A história do jovem Cinta Larga, medalhista nos jogos de xadrez na fase regional de Pimenta Bueno

Em 2019, já venceu a etapa municipal, venceu o torneio Blitz e Pensado de sua categoria.

MP/RO oferece nova denúncia contra investigados em esquema milionário de desvio de dinheiro público

Foram denunciados uma ex-servidora da Prefeitura de Ji-Paraná, servidores públicos, empresários e particulares.

Justiça Rápida chega à comunidade de Santa Catarina, no Baixo Madeira

A comunidade de Santa Catarina estava alagada, devido à cheia do Rio Madeira

Adelino Follador prestigia posse da vereadora Graça Daveli, em Ariquemes

Follador se colocou à disposição para trabalhar em parceria com a vereadora

Envie seu Comentário