Desmatamento em Rondônia continua acelerado, diz Ministério do Meio Ambiente

Desmatamento em Rondônia continua acelerado, diz Ministério do Meio Ambiente

Rondônia apareceu de forma negativo no último levantamento divulgado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações. O Estado, dentre todas as unidades da federação da Região Amazônica, só perde para o Mato Grosso e Pará, quando o assunto é desmatamento.

O Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (PRODES) apontou que entre agosto de 2017 e julho de 2018, o sistema registrou aumento de 13,7% no desmatamento do bioma amazônico, em relação ao período anterior. O Estado contribuiu com 16,7% do desmatamento, segundo o levantamento do Prodes.

De acordo com a Polícia Federal, o desmatamento ilegal muitas vezes está associado a outros crimes, como lavagem de dinheiro, tráfico de armas, drogas e animais e trabalho escravo. É um dado importante e relevante, porque o Estado ainda vive diariamente as denúncias de mortes no campo pela disputa de terras, ou derrubada ilegal de árvores em áreas de preservação.

Fonte: Via Rondônia
Publicada em 06 de dezembro de 2018 às 11:45

 

Leia Também

Justiça começa julgamento do recurso dos ex-deputados da Operação Dominó

Investigações apontam desvio de mais de R$ 11 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira o maior prêmio deste ano

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, renderia mais de R$ 334 mil mensais.

Morte de ji-paranaenses em trágico acidente no Mato Grosso gera dor e comoção

As vítimas estavam retornando de viagem a Ji-Paraná em um automóvel Fiat Palio.

Alunos voltam a ficar sem aulas porque ônibus enviados a União Bandeirantes são impedidos de circular

Situação está causando nova revolta na população, que espera uma solução imediata, com ameaça de voltar a fechar a BR

Envie seu Comentário