Deputado Adelino Follador denuncia cartel dos laticínios de Rondônia

Deputado Adelino Follador denuncia cartel dos laticínios de Rondônia

Às voltas com uma grave denúncia de formação de cartel envolvendo a indústria de laticínio de Rondônia, na compra de leite e processamento de seus derivados, o deputado Adelino Follador (DEM), manifestou grande preocupação com o tema. Segundo ele, pequenos e médios produtores de leite já estão abandonando a atividade que rendia o sustento de suas famílias, forçados pelo domínio mercadológico das maiores indústrias do Brasil instaladas no Estado.

Segundo o deputado é preciso apurar com rigor esta denúncia, e em confirmado o indício é preciso punir rigorosamente os responsáveis, acionando os órgãos estaduais de defesa do consumidor no âmbito do Judiciário, sem prejuízo das ações diretas da Secretaria de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Justiça que, acionada, deverá também investigar fabricantes rondonienses envolvidos nesta prática que traz consideráveis prejuízos econômicos e sociais ao Estado. “Se não houver uma ação agora, num futuro breve, teremos impactos fortíssimos em nossa economia, aumentando o índice de pobreza no campo”, disse.

Mesmo sem citar os nomes dos laticínios envolvidos na suposta prática criminosa, eis que se trata preliminarmente de uma denúncia, Adelino Follador explicou que a prática da grande indústria consiste em abordar os produtores e ofertar um preço maior na compra do leite, inviabilizando, por conseguinte, a produção das pequenas agroindústrias e laticínios, que asfixiada pela impossibilidade de competir com os grandes. Elas acabam fechando suas portas, prejudicando centenas de pequenos negócios, que mantêm famílias e geram milhares de empregos no campo especialmente. “Trata-se de um ato criminoso contra o Estado e sua população”, afirmou Adelino.

Produtor rural na região de Cacaulândia, o parlamentar disse que reconhece que o preço praticado hoje no mercado rondoniense ainda não é o ideal, mas é preciso reconhecer também que o valor do leite in natura, depois de ser submetido a todo processamento até chegar ao consumidor final, é o que ainda mantém e sustenta os pequenos laticínios e agroindústrias. “Mas sem poder competir com as grandes indústrias e suas estratégias de dominação, pagando mais para se estabelecer como únicas acabam sufocando e obrigando esses pequenos negócios a saírem do mercado”.

Ele disse que a denúncia, mesmo de forma velada, está se espalhando por iniciativa de alguns produtores, das cooperativas e também de associação de produtores rurais, que têm consciência do poder e da manipulação dos grandes laticínios, e resistindo aos assédios, denunciam como podem, na expectativa de barrar esta ação, que consideram um golpe.

Preocupado com a situação o deputado Adelino Follador prometeu levar a denúncia para análise e discussão na Comissão de Agricultura e Pecuária da Assembleia Legislativa, já na reunião da próxima semana. A expectativa é de encontrar uma solução, definitiva, para esta questão que já foi denunciada outras vezes e que insiste fazer parte da história da economia rural de Rondônia e que traz muitos prejuízos ao setor produtivo primário.

Fonte: Assessoria 
Publicada em 06 de dezembro de 2018 às 09:08

 

Leia Também

 Festa do Guerreiro passa ser Patrimônio Cultural com aprovação do projeto do deputado Dr. Neidson

Parlamentar defende conscientização do valor cultural que o evento indígena representa para Rondônia

Jogos Universitários é instituído no calendário de eventos do Estado

Projeto de autoria do deputado Léo Moraes foi aprovado em sessão ordinária da ALE

ALE derruba veto do Executivo e garante o porte de arma aos agentes de segurança socioeducativo

Projeto do deputado Anderson do Singeperon tinha sido vetado pelo Poder Executivo

 Assinado protocolo que consolida a implantação da rádio e TV Assembleia

Presidente da Assembleia assinou o documento que garante a efetivação das transmissões em rádio e TV

Envie seu Comentário