Desculpem-me, grafiteiros!

Às vezes fazemos coisas sem pensar e por isso nos arrependemos amargamente pelas nossas ações. Uma dessas coisas inomináveis que eu fiz foi criticar recentemente e de forma irresponsável a “ARTE” dos grafiteiros nos viadutos de Porto Velho. Pior: disse que aquele excelente trabalho de brilhantismo e galhardia não tinha a veia crítica, reflexiva e não apresentava resquícios de inteligência. Santo Deus, quanta tolice! O trabalho de vocês está muito acima da arte e do reconhecimento. Um Nobel, deveria ser o prêmio para quem criou aquelas divinas aquarelas. As Academias sueca e norueguesa deveriam mandar emissários a Porto Velho só para premiar tão belo trabalho artístico. Provavelmente eles vão criar mais um prêmio anual ou então substituir o de Literatura somente para agraciar vocês de forma mais justa. Aquela obra-prima será eternizada.

Cada desenho é uma história à parte. É uma lição de vida. Uma aula. É um ensinamento para esta e para as futuras gerações. Cada criação de vocês nos remete à História, à reflexão, à criticidade, à filosofia, ao bom senso. Vocês são artistas de verdade, não aquelas porcarias que vemos nos livros de História. Rembrandt, Da Vinci, Van Gogh, Michelangelo e tantos outros ficaram na poeira diante de suas belas telas. Hoje eles sentiriam vergonha se vissem suas criações. A história da arte agora se divide em duas: antes dos viadutos de Porto Velho e depois deles. O Renascimento deveria começar agora: a partir desse insubstituível trabalho de criatividade e veia artística. Olhando cada desenho, nossos olhos se enchem de lágrimas. Já testemunhei pessoas chorando de emoção diante de algumas telas. Turista agora é o que não faltará por aqui.

Os próprios viadutos de Porto Velho também deviam ser citados como obra de engenharia. Deveriam também ser reconhecidos internacionalmente e receber uma espécie de Oscar da Engenharia e da Arquitetura. Acabaram para sempre com os engarrafamentos e embelezaram a cidade. Aquilo ali só pode ter sido trabalho de um Jaime Lerner ou de um Pereira Passos. Gostaria de saber qual foi a cabeça que os criou. Construídos em tempo recorde e sem usar um centavo a mais do que o previsto, as obras colocaram a “capital dos destemidos pioneiros” como uma das mais importantes metrópoles do mundo. Eles são iluminados, versáteis, práticos, limpos e de extrema utilidade para os usuários. E vocês viram tudo isso. Gênios que são! E captaram cada detalhe em seus “pincéis”. Não há como não se orgulhar de ser porto-velhense, mano!

Quero também pedir desculpas à banda da “música da coberta”. Sucesso nacional e de grande reconhecimento internacional, ela com sua agenda sempre lotada, em breve desbancará os Beatles, Abba e Bee Gees. Essa banda de Porto Velho é um primor. Só não vê (e ouve) quem não quer. Mas tenho uma pequena crítica ao trabalho  de vocês: por que não desenharam também a foto dos vários políticos daqui? Prefeitos, governadores, deputados, senadores e vereadores por exemplo? Eles é que são os heróis de verdade desse inteligente povo. Não fosse o pouco tempo de vocês, gostaria de ter algumas dessas obras pintadas em minha humilde casa. Toda aula minha a partir de agora lembrará os viadutos de Porto Velho. Será que daria para retirar alguns daqueles desenhos para serem mostrados no Louvre de Paris e no Metropolitan de Nova Iorque? Mas sem aquela montanha de lixo, pois os apreciadores estrangeiros são mais exigentes.

*É Professor em Porto Velho.

Fonte: Professor Nazareno
Publicada em 02 de outubro de 2018 às 13:05

 

Leia Também

Nova classificação dos municípios de Rondônia começa a vigorar a partir desta sexta-feira, 14

Essa reclassificação acontece a cada 14 dias e o Governo de Rondônia usa como base critérios técnicos estabelecidos

Governo atualiza o piso salarial dos professores da rede estadual de ensino em Rondônia

O piso salarial dos profissionais da rede pública da educação básica em início de carreira, com carga horária de 40 horas

Governo de Rondônia realiza 1º leilão virtual de veículos no próximo dia 25

172 lotes com variação entre R$ 10 (dez reais) e R$ 20 mil (vinte mil reais).

Governo de Rondônia apresenta plano de retomada ao turismo no Estado

Para divulgá-lo, a Superintendência Estadual de Turismo (Setur) se reunirá com autoridades e agentes dos municípios de Cacoal

Envie seu Comentário