Comissão de Indústria e Comércio ouve representantes do CPRM sobre atuação em Rondônia

  Comissão de Indústria e Comércio ouve representantes do CPRM sobre atuação em Rondônia

Na manhã desta terça-feira (11), a Comissão de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Chiquinho da Emater (PSB), com a presença dos membros Aélcio da TV (PP) e deputado Lebrão (MDB), recebeu o geólogo Amílcar Adami e Carlos Eduardo do Serviço Geológico do Brasil-CPRM, para falar sobre a atuação da empresa em Rondônia no serviço de geologia e minerais.

Amílcar Adami, começou falando do início dos trabalhos da empresa em Rondônia em 1969, e que ao longo do tempo foi diversificando a área da atuação, inserindo hidrologia e gestão territorial, com atuação em Rondônia e no Acre.

Disse que cada área atua de forma forte e presente em todo Estado, com monitoramento dos rios, a fluviometria, a descarga liquida, sólida e controle da qualidade da água, além do monitoramento do comportamento sazonal do rio Madeira, com relação as enchentes.

Sobre as áreas subterrâneas relatou que existem dois projetos principais de atuação do CPRM, com um sistema de informação de águas subterrâneas, contendo um extenso banco de dados sobre os poços tubulares que foram perfurados em Rondônia, num total de 2.400 registros de poços em todo Estado.

Destacou a necessidade de preservação das águas subterrâneas, especialmente no cone sul de Rondônia.

Informou que já existe um mapa, produzido pela empresa, que destaca em todo Estado os riscos de movimentos de terras e inundação, para ser consultado pelas autoridades no caso de implantação de projetos.

Amílcar informou que a empresa está desenvolvendo um projeto chamado de geoparque, que contempla informações do meio físico e sítios importantes do ponto de vista geológico, paleontológico e até cultural para a história de Rondônia.

O geólogo Carlos Eduardo preparou uma apresentação mais completa o que demandaria, de pelo menos, uma hora para discorrer sobre as ações. Por conta disso, retratou de forma resumida sobre as atividades, destacando a área de geologia e recursos minerais, especialmente sobre o trabalho de pesquisa.

Segundo ele, foram apresentados recentemente quatro projetos relacionados a cassiterita, e ressaltou que, atualmente, o Estado colabora com a balança comercial brasileira com mais de 50 milhões de dólares por ano.

O geólogo falou sobre a descoberta de minerais no cone sul de Rondônia, como ouro, chumbo, zinco e cobre.  Fez questão de ressaltar que o trabalho de um empreendimento mineral tem impacto ambiental muito menor do que se imagina.

Carlos Eduardo convidou os parlamentares para conhecerem de perto a unidade em Porto Velho, e também projetos em andamentos nos mais diversos municípios de Rondônia.

Diante da importância do tema e da necessidade de sensibilizar todos os deputados estaduais sobre o trabalho do Serviço Geológico do Brasil, a Comissão garantiu marcar uma nova data para que os representantes apresentem vídeos sobre todos os projetos realizados pelo CPRM, e os trabalhos mais relevantes em atividade em cada município.

Os deputados agradeceram a presença dos representantes e destacaram a importância de valorizar o trabalho dos geólogos, pois Rondônia é muito rico em minério, o que pode fomentar cada vez mais a geração de emprego e renda.

Fonte: DECOM - ALE
Publicada em 12 de junho de 2019 às 09:33

 

Leia Também

Deputado Edson Martins discute apoio para Cabixi com vereador Adailton Sucupira

Recursos para atender produtores rurais e construção de pontes na Linha 8 estão entre os pedidos

Deputado Ezequiel Neiva destaca aprovação da Lei de Diretrizes para o Orçamento 2020, com emendas e alterações

Parlamentares poderão reutilizar emendas no ano seguinte

  Assembleia Legislativa realiza concursos de redação e para escolha de bandeira oficial do Parlamento

Ações fazem parte das comemorações da promulgação da primeira Constituição do Estado de Rondônia

Presidente Laerte Gomes acompanha comitiva do Governador em visita ao distrito boliviano de Buena Vista

Autoridades estiveram na comunidade fronteiriça atingida por incêndio na última segunda-feira

Envie seu Comentário